IGREJA MATRIZ SÃO JOÃO

IGREJA MATRIZ SÃO JOÃO


O Coronel Modesto Antônio Coelho, cedeu uma área de seu domínio próximo ao Rio Capivari para a construção de uma capela. O Bispo de São Paulo, D. Mateus de Abreu Pereira, autorizou sua construção em 05 de junho de 1820.

O padre João Jacinto dos Serafins fora designado como o sacerdote da capela e o santo padroeiro, São João Batista. Como a capela estava em construção, a primeira missa da cidade fora realizada na casa do Sr. Joaquim da Costa, na rua Antônio Pires.

No dia 10 de julho de 1832, foi criada a “Vila de São João Batista de Capivari de Baixo”, o que é considerado a fundação de Capivari, já que na época era costume as cidades se desenvolviam em torno de igrejas.

Em 1839 a igreja fora reedificada, pelo fato de não se possuir fundos para a construção de uma nova igreja na Praça Central. O Padre Fabiano José Moreira de Camargo fora nomeado o vigário de Capivari e foi pároco por 35 anos, até sua morte em 1875. Seus restos mortais se encontram no solo da Igreja Matriz.